segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Hoje é Dia D "Carlos Drummond de Andrade"

Mãos Dadas

Não serei o poeta de um mundo caduco.
Também não cantarei o mundo futuro.
Estou preso à vida e olho meus companheiros
Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças.
Entre eles, considere a enorme realidade.
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.

Não serei o cantor de uma mulher, de uma história.
não direi suspiros ao anoitecer, a paisagem vista na janela.
não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida.
não fugirei para ilhas nem serei raptado por serafins.
O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes,
a vida presente.

Link direto para comprar o produto:
http://www.elo7.com.br/item/1869B7/

4 Comments:

ANA LÚCIA said...

Linda borboleta! Drummond... homenagens merecidas. Usou as palavras com perfeição!...

נαηα ¢яσ¢нє said...

Olá!!
Venho aqui agardece a sua vizitinha no meu cantinho,volte sempre fico feliz!!
Acho lindo esses barrados em borboletas q vc faz!!
Parabéns!!Linda noite
bjos

♡ Aɳgɛʆ รapɛca ♡ said...

Olá Ivete !
Que lindo seu pano de prato sem falar no poema !
MIL BJIM

areiasdejade said...

Parabens pelol trabalho e pelo texto, valeu Ivete, obrigada
Nely